segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Concurso Cajon+B&B

Durante toda a semana falamos sobre a feira Bread and Butter , e ainda falta muita coisa para contar... Como aqui no Cajon sua opinião é muito importante, deixe um pitaco! Conte o que você está achando destas tendências para o próximo inverno, e inclusive para o verão 2010?! O que você acha da relação entre moda e música (aqui e aqui)? Você gostou dos looks de street style? E o futuro do jeans? Você concorda com a lista The Zeitgeist: A User’s Manual? Você gostou das exposições(aqui e aqui)? Conta tudo pra gente!!!!!! Sortearemos , entre as respostas , 3 bolsas que ganhei de brinde na feira! O resultado será dia 15/2!
PS: Já temos o resultado do Concurso SPFW/FR! Confira aqui se você foi ganhador!

8 comentários:

Rafael Srur disse...

Sobre a ligação entre música e moda, acho o tópico dos mais interessantes. Assim como o cinema e as novelas (no Brasil)é impossível negar como como estes quase "ditam" o que é "bacana" ou não. Obviamente os "mudernos" e os formadores de opinião são os primeiros a adotar aqui no Brasil o que é descolado, cool; para logo em seguida, quando já não são os únicos a usarem seus wayfares, suas calças skinny e seus lenços palestinos e seus bigotes/cortes de cabelo estranhos; jogar tudo fora, porque o "mainstream" roubou seu look (que vamos combinar chega no Brasil depois de 2 anos ou mais...)
Então os "cultuados" fashionistas, que não passam de fashion victims, obcecados com seus achados brecholentos e sua atitude muderna não são nada mais que deslumbrados. É claro que é impossível negar que a graça da moda está na sua constante mudança. E é mais impossível ainda negar o quanto os stylists de celebridades são poderosos e a fascinação de atrizes "desenhando" sua própria linha de roupa.
Como estamos cansados de saber a moda, não mais ditada por designers e sim pela suposta diverside de tendências/influência do street style e sua suposta liberdade de expressão não é mais do que:
"o que vc está vestindo?"
"Todo que estou vestindo é de segunda mão, o sapato não lembro onde comprei...
É claro que há exceções,The Sartorialist é genial porque mostra um ângulo quase atemporale ainda assim contemporâneo.
Para ser sincero, de início qualquer blog de street style me fascinava, mas depois não aguentava mais tanto crash de estampa, skinny jeans, leggin e o indefectível óculos wayfare...
Qual é o sentido de todos se parecerem exatamente iguais? Confesso que sou obcecado por tênis, especialmente as parcerias das grandes marcas com designers de moda, ilustradores etc. Se pude$$e colecionava, sim!
Não gosto de falar em crise, mas não é o momento de buscar design e tecidos mais duravéis? Deixa o luxo e o maravilhoso espetáculo que é a Alta Costura para John Galliano, Alexander McQueen (porque ainda precisamos sonhar)?
Que tal os designers brasileiros adotarem a estratégia da Fillipa K, que recentemente abriu uma loja (sim uma loja e não uma brechó) para vender peças de coleções antigas, peças usadas?
Fast Fashion já era, slow fashion, minha gente!
Aproveitando a deixa, uma pergunta que aposto que todo faz (não em voz alta). Por que a Osklen é tão cara? Por que usa materiais "eco friendly", ou por que tem lojas em Portugal, NY e Tokyo que dão mais retorno de mídia do que lucro propriamente dito?
Jean será sempre jeans. Tom Ford recentemente um peça de denim raw japonês com botão de ouro e acabento de em fios de seda. A palavra de vez e raw denim, japonês de preferência. O isso nos diz? Antes uma peça democrática, agora virou símbolo de status. Afinal, quem entende o mínimo de jeans sabe diferenciar uma peça Diesel,7, e tantas outras disponíveis a preços exorbitantes no Brasil.
Mais do que a idéia do jeans artesanal (é claro que eu gostaria de algumas feitas exclusivamente para mim na Earnest Sewn) o que acho mais interessante é o jeans organico. Acredito que a Eden seja pioneira no Brasil.
Para finilizar: Oscar Wilde e Margaret Mee!!!! (fiquei mais por dentro graças a vocês)

lullybeachwear disse...

A moda e a música sempre andaram juntas na evolução da tendência de moda. Sou uma fanatica por música , trabalho com música , assim me empolgo e consigo relaxar e assim as idéias fluem bem.

Maria Clara disse...

A musica dita comportamento sendo interligada diretamente a moda.

Ingrid Araujo disse...

Tenho um blog que fala sobre como o estilo das ruas influência na moda passarela e vice-versa. Adoro música, adoro moda e como a música não influênciaria na moda? O movimento hip hop com suas belas correntes, calças largdas e tênis coloridos!!! O 50 cent e o Missy Elliot que os digam. E o rock? com suas calças detonadas, camisetas de bandas,botas,all stars..inspiram as melhores grifes do momento como Triton, Dolce and Gabanna, Colcci,Cavalera e entre outros. Portanto, acredito sim que moda e a música sempre vão estar interligadas uma com outras, isso é fato. Nós, pessoas com estilo próprio também servimos de inspiração para os designers e estilistas. Por isso gostei desses tópicos.
O jeans é o nosso curinga sempre!!! podem criar qualquer modelo que será aceito, pois vestem bem, há vários tipos de lavagem favorecendo os gostos de todos, sendo usada com qualquer estilo de sapato, dos tênis a botas de qualquer estilo, sandálias dos mais variados modelos. O jeans é a nossa salvação. Na dúvida no que vestir? Ah, escolhe um bom jeans.
Tb gostei muitooo do post falando sobre o jeanswear.

Gabi Lourenço disse...

Música e moda, não consigo ver separadas. Uma completa a outra.
Quando ouço algum tipo de música logo me vem uma roupa ou várias que se encaixariam perfeitamente com ela (a música).

Lu disse...

Para começar, acho que tudo o que é arte está ligado de uma forma ou de outra. Não é de hoje que a passarela não é o único lugar a ditar moda, os palcos sempre foram grandes ditadores. Ah, sobre o streetstyle cabe o mesmo que eu disse sobre música, aquela questão de quem usou primeiro 'tal' peça, de quem copia quem, se a passarela copia as ruas ou as ruas copiam as passarelas, na minha opinião, está valendo em muitos casos. Gostei dos looks aqui do site e também do futuro do jeans, sempre gosto muito do que vocês escrevem e nos mostram! Beijão,e espero ser sorteada.

Mariane Iukari disse...

moda/música é comportamento, atitude (ou falta dela), identificação e as duas são formadas com elementos que unidos de diferentes maneiras geram novos estilos e tendencias..

Mariane I. disse...

desejay