sábado, 15 de agosto de 2009

Vera Valdez – O Sol da Maison Chanel

Após o fim da Segunda Guerra Gabrielle Chanel retornou a Paris depois de um exílio voluntário na Suíça e decidiu reabrir suas lojas, fechadas desde 1939 no inicio da guerra. A volta de Chanel a capital francesa foi reverenciada por todos, e acompanhada de perto por uma brasileira que viria a ter um importante papel no trabalho da criadora.
Vera Barreto Leite, conhecida como Vera Valdez, foi modelo fetiche de Chanel (que desenhava suas criações diretamente no corpo da modelo), e presença muito forte na vida e nas criações da marca, tanto que por influencia de Vera a cor vermelha foi incluída nas coleções da Maison.
Vera se mudou para a Europa muito jovem, aos 16 anos, partindo para Portugal e depois Paris. Quando decidiu ser manequim, conseguiu por intermédio de amigos, participar de um teste para desfiles da estilista Elsa Schiaparelli. Não só foi escolhida como se tornou manequim inspiração de Elsa. Depois foi para a Maison Dior, onde conheceu Yves Saint Laurent, ainda um jovem assistente.
Por uma indicação Vera acabou indo para o ateliê de Gabrielle Chanel, e acabou se tornando uma parceria que renderia muitos anos, marcada pelo temperamento forte de ambas, criadora e modelo. Diz a história que a cada fim de coleção, Chanel e Vera brigavam (muitas vezes pela informalidade da própria Vera que sempre quebrou regras). e era despedida pela criadora. Porém, para a criação da coleção seguinte, Chanel voltava a chamar Vera de volta, como se nada tivesse acontecido.
De 25 de agosto a 13 de setembro, uma exposição inédita vai mostrar a trajetória dessa brasileira que foi testemunha dos áureos da Moda mundial. A mostra Vera Valdez – O Sol da MaisonChanel, com curadoria de Danniel Rangel, estará aberta ao público na Mansão Figner, bairro do Flamengo (RJ), e traz fotos inéditas do ateliê de Coco Chanel em momentos inusitados, momentos de criação das roupas, divididos em diversas salas.
Além disso, será exibido um documentário de 15 minutos mostrando a viagem de Vera Valdez de volta à Paris em 2009. O presente visitando o passado. O público poderá ver o reencontro de Vera com o mundo da moda na capital francesa. Sentada na primeira fila do desfile da MaisonChanel, Vera causou furor com um vestido de musseline da coleção de Chanel de 1960, com bolsa de croco.

Vera Valdez – O Sol da Maison Chanel

De 25 de agosto a 13 de setembro
Horário: 10h às 18h

Local: Mansão Figner / Rua Marquês de Abrantes 99, Flamengo
Entrada franca

Um comentário:

lucia disse...

Vera, com certeza um Sol que brilha onde for, com uma personalidade marcante e ao mesmo tempo maravilhosa, se torna inesquecível na vida de qualquer pessoa. Ela não é so representada pelo Sol da Maison Chanel, mas também como um Brilhante muito bem lapidado. Lúcia Torres.