segunda-feira, 28 de março de 2011

As 50 bolsas que mudaram o mundo


Alguns dizem que para conhecer melhor uma mulher basta olhar o modelo da sua bolsa.o "Fifty bags that changed the world", do autor Robert Anderson conta a história desse amado acessório através de uma  análise dos modelos mais famosos e dos seus personagens mais representativos.
A viagem parte da um modelo encontrado dentro de um sarcófago, 4.500 anos atrás, seguida pelo período Vittoriano de Shakespeare até o e-fashion de hoje em dia.

Passando pelos braços das First Ladies (Jackie 'O com o modelo Gucci) aos braços das “Mulheres de Ferro” (Margaret Tatcher com Clutch de Ferragamo), o livro mostra a inversão de rota que sofreu esse acessório ao passar do luxo ao esnobismo.Fator conferido graças a grande contribuição de Miuccia Prada, que nos anos 80, fortaleceu as bases de sucesso da sua marca exaltando o cliché: “A bolsa é o status por excelência, deve ser uma peça preciosa e caríssima”.


Talvez, por não ter problema com a balança ou por não causar desconforto como os saltos altíssimos a bolsa é o mais fácil e usado de todos os acessórios, o mais vendido e o refúgio no qual até hoje se apóiam os pilares do império do luxo.

2 comentários:

Julia Thetinski disse...

Olá!
Muito bacana, eu tenho a versão de sapatos desse livro, é incrível, até fiz um post sobre:
http://www.frescurinha.com.br/2010/11/livro-50-sapatos-que-mudaram-o-mundo.html

Abraço.

Rebecca Nunes - Roma disse...

Oi Julia também adorei o seu post e muito bacana o teu blog!
Eu amooooooo acessórios, por isso acho o máximo saber a origem da grande influencia desses elementos na nossa rotina Fashion =)
Bacio!