quinta-feira, 6 de maio de 2010

Alta-costura tão ameaçada quanto o panda...

Esta frase catastrófica foi dita por Nancy Hass em um reflexivo artigo para o Wall Street Journal
sobre o mundo da alta costura, e principalmente sobre o termo couture que deixou de ser sinônimo de algo exclusivo para fazer parte de nosso dia-a-dia “Juicy Couture”, “Jersey Couture”, “Randy Couture” e até "food couture". Apesar de ser o momento onde a moda se acerca a arte , sabemos que os tempos mudam, e que entre muitas outras coisas, como o preço elevado, extinção de artesãs, o público consumidor envelhece e que as marcas que continuam fazendo sua linha Couture são obrigadas a modernizar-se. Vide a polêmica do último desfile de Valentino com uma coleção que tinha pouco da imagem tradicional da alta costura e que pra completar usava Alice Dellal como modelo...
O debate tá servido ... Leia o artigo completo aqui!
E se você quer saber o que têm de Haute esta couture?, click aqui!
São Balenciaga e Santo Dior que livre a Alta costura do mesmo destino do pássaro Dodo... O que você acha?

2 comentários:

santa mistura disse...

não dá tempo hoje de ler os links todos deste post, mas fiquei pensando numa menina que esta terminando a faculdade este ano em paris, fazendo o trabalho final até agosto, ela veio estagiar aqui comigo durante 3 meses no ano passado e ela contou que os estudantes que se preparam para alta-costura continuam existindo , mas as "maisons" não permitem que eles participem desta evolução... sei lá... é meio live or let to die não??

maribelloti disse...

Também falei sobre essa ameaça que a Couture vem sofendo. Acho que não podemos deixar de lembrar da relevância fashion que a alta costura tem. É a maneira mais fácil de mostrar o mundo de sonhos que sempre serviu de alicerce para a moda!
Nem todo mundo pode comprar, mas qnts podem sonhar com esse tipo de moda?