sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Deluxe: o luxo morreu!?!?

Um livro que anda dando o que falar por aqui é “Deluxe” (Editora DeAgostini, 383 paginas), de Dana Thomas.
A jornalista explica como se construíram os gigantes da moda. Através de um percurso no tempo que vai do antigo Egito até a China de hoje, passando por Louis Vitton, Hermès, Armani, Saint Laurent, Prada, Chanel & Co. e outras grandes marcas, e ela sustenta a teoria de que hoje o luxo é morto. Segundo Dana, o grande império do luxo esconde duas duras verdades. A primeira é que se transformou em democrata e a segunda é que no diálogo entre eles existe uma dissonância.
Deluxe é resultado de uma investigação do fashion system feita pela jornalista, o início do livro fala sobre a indústria do luxo que hoje faz girar cerca de 157 milhões de dólares, como um mercado que aprendeu a transformar seus produtos mais acessíveis com materiais de qualidade inferior e portando a produção para países em desenvolvimento.
Dana Thomas trata o argumento de modo interessante dentro do atual contexto de crise econômica e recessão. Pois, como disse Coco Chanel, “o luxo é uma necessidade que nasce onde termina a necessidade e não se ostenta na riqueza e nos ornamentos, mas na ausência de vulgaridade.”

3 comentários:

Lissandro Silva - São Paulo disse...

Humm..Gostei da dica.
e você ta que ta com comichão..hehe..vários posts.
Bjo

Aniele Barros - "Ani" disse...

Tô lendo esse livro e estou gostando.
:o)

SIL SARAIVA disse...

Um "must have" - adorei! Bacana demais pra gente aprender mais sobre esse maravilhoso mundo das marcas incríveis que amamos!

Um beijo.

Sil Saraiva - B&B
http://blogandbeauty.blogspot.com